Resultado Final ACCS 2016.2

Posted on

proext-accs-1

A Pró-Reitoria de Extensão Universitária (PROEXT) torna público o resultado final das propostas submetidas ao Edital ACCS 2016.2. Nesse semestre, 50 propostas concorreram ao edital, sendo que 42 propostas foram contempladas.

O Edital ACCS 2016.2 aceitou propostas das seguintes áreas temáticas da extensão: Arte e Cultura, Comunicação, Direitos Humanos e Justiça, Educação; Saúde, Tecnologia e Produção, e Trabalho.

Veja abaixo o resultado completo:

COORDENADOR

PROJETO

1

Adriana de Farias Jucá MEVC54 – A LUDICIDADE NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DOS CONTEÚDOS DE HISTOLOGIA PARA ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO DA CIDADE DE SALVADOR

2

Adriana Valeria da Silva Freitas ENFB90 – ENVELHECI, E AGORA? CONSTRUINDO SABERES E PRÁTICAS PARA VIVER COM QUALIDADE NA SOCIEDADE MODERNA

3

Alessandra Santos de Assis EDCD94 – EDUCAÇÃO EM REDE: ARTICULAÇÕES ENTRE A UFBA E A ESCOLA BÁSICA

4

Ana Paula Rocha do Bomfim DIRB33 OBSERVATÓRIO DA PACIFICAÇÃO SOCIAL VIA MESCS

5

Angela Machado Rocha ICSC60 – EMPREENDEDORISMO EM BIOTECNOLOGIA

6

Antônio de Lisboa Ribeiro Filho MEVC25 – UTILIZAÇÃO DE BIOTECNOLOGIAS REPRODUTIVAS NO MELHORAMENTO GENÉTICO ANIMAL DA BOVINOCULTURA LEITEIRA DA BAHIA

7

Auristela Felix de Oliveira Teodoro FCCB70 – AÇÃO PEDAGÓGICA CONTÁBIL-FINANCEIRA: TECNOLOGIA SOCIAL PARA GERAÇÃO DE RENDA E PRESERVAÇÃO AMBIENTAL

8

Blandina Felipe Viana BIOC88 – CIÊNCIA, COMUNICAÇÃO E CIDADANIA: ENGAJAMENTO DA SOCIEDADE CIVIL EM AÇÕES PARA CONSERVAÇÃO DOS SERVIÇOS ECOSSISTÊMICOS

9

Carlos Alberto Etchevarne FCH459 – PRÁTICA ARQUEOLÓGICA EM COMUNIDADE

10

Ceila Rosana Carneiro Cardoso ARQB13 – PRÉ-FABRICAÇÃO EM ARQUITETURA

11

Charbel Niño El-Hani BIOD46 CONHECIMENTO ETNOECOLÓGICO LOCAL COMO FUNDAMENTO DE INOVAÇÃO EDUCACIONAL PARA ENSINO DE CIÊNCIAS INTERCULTURAL.

12

Climene Laura de Camargo ENFB89 TECNOLOGIAS SOCIAIS E SAÚDE: PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO DE COMUNIDADES QUILOMBOLAS

13

Debora Abdalla Santos MATC53 – ONDA SOLIDÁRIA DE INCLUSÃO DIGITAL: TECNOLOGIA A SERVIÇO DA CIDADANIA

14

Eloina Santana Alves ENFB44 – PROMOVENDO A SAÚDE DO ADOLESCENTE NO ESPAÇO ESCOLAR

15

Fabio Nicory Costa Souza MEVC27 – CABRITO ECOLÓGICO NA CAATINGA: ALTERNATIVA SUSTENTÁVEL PARA A AGRICULTURA DE BASE FAMILIAR

16

Glória Cecília dos Santos Figueiredo ARQB19 – PERÍCIA POPULAR NO CENTRO HISTÓRICO DE SALVADOR: INTERCONHECIMENTO E AÇÃO PÚBLICA DE FORTALECIMENTO DO DIREITO À CIDADE

17

Guido Laércio Bragança Castagnino MEVB28 – UM NOVO CONCEITO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA AS ESCOLAS

18

Iuri Mattos de Carvalho DIRB85 – DIREITO, ARTE E LUTA POR RECONHECIMENTO

19

Josanidia Santana Lima BIO454 – MANUTENÇÃO DA HORTA DA UFBA, VISANDO A FORMAÇÃO DE PROFESSORES E ALUNOS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO

20

José Vasconcelos Lima Oliveira MEVC52 – ORIENTAÇÕES TÉCNICAS A PEQUENOS PRODUTORES E TRABALHADORES RURAIS EM COMUNIDADES E ASSENTAMENTOS PARA UM DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL EM MICRO REGIÕES DO ESTADO DA BAHIA

21

Lilia Maria de Azevedo Moreira BIOA94 – INCLUSÃO: CONTRIBUIÇÕES DA GENÉTICA E DA EDUCAÇÃO

22

Luciana Santos Cardoso FAR458 – EDUCAÇÃO EM SAÚDE: PREVENÇÃO E DIAGNÓSTICO DE DOENÇAS PARASITÁRIAS

23

Manuela Silva Libanio Tosto MEVC51 – CAATINGA SUSTENTÁVEL: BOAS PRÁTICAS DE MANEJO E A INTEGRAÇÃO COM A CAPRINOVINOCULTURA – SEMEANDO IDEIAS NO SEMIÁRIDO

24

Mara Zélia de Almeida FAR454 – BUSCA RACIONAL POR NOVOS FÁRMACOS DE ORIGEM VEGETAL

25

Marcia Cristina Aquino Teixeira FAR457 – EDUCAÇÃO EM SAÚDE: PREVENÇÃO ANEMIAS

26

Marcia Maria Magalhães Dantas de Faria MEV454 – ANATOMIA: UMA VI SÃO COMPA RADA VOL TADA ÀS ESCOLA S DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO DA CIDADE DE SALVADOR -BA

27

Marcus Villa Góis TEAA81 – TEATRO E COMUNIDADE

28

Maria Cecilia de Paula Silva EDC458 – DIÁLOGOS ENTRE UNIVERSIDADE E O CONHECIMENTO LOCAL E GLOBAL NA COMUNIDADE CENTENÁRIA DE COROA – ILHA DE ITAPARICA

29

Maria Constantina Caputo HACB79 – PROMOÇÃO DA SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA

30

Maria das Graças Farias Pinto MEV458 – MUSEU INTERATIVO DE ANATOMIA COMPARADA – MIAC

31

Maristela de Cassia Seudo Lopes MEVC53 – ATENDIMENTO CLÍNICO PARA EQUÍDEOS DE PROPRIETÁRIOS DE BAIXA RENDA

32

Miguel da Costa Accioly BIOB63 – MAPEAMENTO BIORREGIONAL PARTICIPATIVO EM COMUNIDADES COSTEIRAS TRADICIONAIS COMO FERRAMENTA PARA EDUCAÇÃO AMBIENTAL E EMPODERAMENTO TERRITORIAL

33

Nadirlene Pereira Gomes ENFA79 – ABORDAGEM INTERDISCIPLINAR E TRANSDISCIPLINAR DOS PROBLEMAS DE SAÚDE RELACIONADOS À VIOLÊNCIA

34

Paulo Cesar Costa Maia MEVB63 – DESENVOLVIMENTO DA FAZENDA EXPERIMENTAL DA UFBA DE ENTRE- RIOS ATRAVÉS DA CRIAÇÃO DE CAPRINOS, OVINOS E AVES DE CORTE E POSTURA

35

Pedro Rodolpho Jungers Abib EDCH82 – SABERES E FAZERES DA CULTURA POPULAR NA EDUCAÇÃO

36

Raquel Nery Lima Bezerra EDCJ43 – ESCREVIVENDO CIÊNCIAS NO MUSEU

37

Rejane Maria Lira da Silva BIOA82 – PROGRAMA SOCIAL DE EDUCAÇÃO, VOCAÇÃO E DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA DA BAHIA

38

Renavan Andrade Sobrinho ENGM20 – SANEAMENTO, MOBILIZAÇÃO SOCIAL E EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM COMUNIDADES RURAIS

39

Rodrigo Freitas Bittencourt MEVC26 – MELHORAMENTO GENÉTICO E BANCO DE GERMOPLASMA DE CAPRINOS E OVINOS NATIVOS DO NORDESTE BRASILEIRO

40

Rosangela Soares Uzeda MEVB62 – DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA PECUÁRIA FAMILIAR ATRAVÉS DA CAPRINOVINOCULTURA DE SUBSISTÊNCIA

41

Rowney Archibald Scott Junior MUSD41 – MÚSICA NO CAPÃO: PRÁTICAS MUSICAIS COLETIVAS COMENTADAS, ASSOCIADAS A WORKSHOPS, PALESTRAS E APRESENTAÇÕES MUSICAIS

42

Thais Rodrigues Penaforte FARB79 – ETNOFARMACOLOGIA E TERAPÊUTICAS TRADICIONAIS NA BAIA DE TODOS OS SANTOS

Resultado preliminar ACCS 2016.2

Posted on Updated on

proext-accs-1

À Comunidade Universitária,

A Pró-Reitoria de Extensão Universitária (PROEXT) torna público o resultado preliminar das propostas submetidas ao Edital ACCS 2016.2. Neste semestre, 50 propostas concorreram ao edital, sendo que 37 propostas foram contempladas.

O Edital ACCS 2016.2 aceitou propostas das seguintes áreas temáticas da extensão:

Arte e Cultura, Comunicação, Direitos Humanos e Justiça, Educação; Saúde, Tecnologia e Produção, e Trabalho.

Confira abaixo o resultado:

COORDENADOR

PROJETO

1

Adriana de Farias Jucá MEVC54 – A LUDICIDADE NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DOS CONTEÚDOS DE HISTOLOGIA PARA ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO DA CIDADE DE SALVADOR

2

Adriana Valeria da Silva Freitas ENFB90 – ENVELHECI, E AGORA? CONSTRUINDO SABERES E PRÁTICAS PARA VIVER COM QUALIDADE NA SOCIEDADE MODERNA

3

Alessandra Santos de Assis EDCD94 – EDUCAÇÃO EM REDE: ARTICULAÇÕES ENTRE A UFBA E A ESCOLA BÁSICA

4

Ana Paula Rocha do Bomfim DIRB33 OBSERVATÓRIO DA PACIFICAÇÃO SOCIAL VIA MESCS

5

Angela Machado Rocha ICSC60 – EMPREENDEDORISMO EM BIOTECNOLOGIA

6

Antônio de Lisboa Ribeiro Filho MEVC25 – UTILIZAÇÃO DE BIOTECNOLOGIAS REPRODUTIVAS NO MELHORAMENTO GENÉTICO ANIMAL DA BOVINOCULTURA LEITEIRA DA BAHIA

7

Auristela Felix de Oliveira Teodoro FCCB70 – AÇÃO PEDAGÓGICA CONTÁBIL-FINANCEIRA: TECNOLOGIA SOCIAL PARA GERAÇÃO DE RENDA E PRESERVAÇÃO AMBIENTAL

8

Blandina Felipe Viana BIOC88 – CIÊNCIA, COMUNICAÇÃO E CIDADANIA: ENGAJAMENTO DA SOCIEDADE CIVIL EM AÇÕES PARA CONSERVAÇÃO DOS SERVIÇOS ECOSSISTÊMICOS

9

Carlos Alberto Etchevarne FCH459 – PRÁTICA ARQUEOLÓGICA EM COMUNIDADE

10

Célia Rosana Carneiro Cardoso ARQB13 – PRÉ-FABRICAÇÃO EM ARQUITETURA

11

Charbel Niño El-Hani BIOD46 CONHECIMENTO ETNOECOLÓGICO LOCAL COMO FUNDAMENTO DE INOVAÇÃO EDUCACIONAL PARA ENSINO DE CIÊNCIAS INTERCULTURAL.

12

Climene Laura de Camargo ENFB89 TECNOLOGIAS SOCIAIS E SAÚDE: PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO DE COMUNIDADES QUILOMBOLAS

13

Debora Abdalla Santos MATC53 – ONDA SOLIDÁRIA DE INCLUSÃO DIGITAL: TECNOLOGIA A SERVIÇO DA CIDADANIA

14

Eloina Santana Alves ENFB44 – PROMOVENDO A SAÚDE DO ADOLESCENTE NO ESPAÇO ESCOLAR

15

Glória Cecília dos Santos Figueiredo ARQB19 – FORTALECIMENTO DO DIREITO A CIDADE

16

Guido Laércio Bragança Castagnino MEVB28 – UM NOVO CONCEITO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA AS ESCOLAS

17

Iuri Mattos de Carvalho DIRB85 – DIREITO, ARTE E LUTA POR RECONHECIMENTO

18

Lilia Maria de Azevedo Moreira BIOA94 – GENÉTICA E DIVERSIDADE HUMANA

19

Luciana Santos Cardoso FAR458 – EDUCAÇÃO EM SAÚDE: PREVENÇÃO E DIAGNÓSTICO DE DOENÇAS PARASITÁRIAS

20

Manuela Silva Libanio Tosto MEVC51 – CAATINGA SUSTENTÁVEL: BOAS PRÁTICAS DE MANEJO E A INTEGRAÇÃO COM A CAPRINOVINOCULTURA – SEMEANDO IDEIAS NO SEMIÁRIDO

21

Mara Zélia de Almeida FAR454 – BUSCA RACIONAL POR NOVOS FÁRMACOS DE ORIGEM VEGETAL

22

Marcia Cristina Aquino Teixeira FAR457 – EDUCAÇÃO EM SAÚDE: PREVENÇÃO ANEMIAS

23

Marcia Maria Magalhães Dantas de Faria MEV454 – ANATOMIA: UMA VI SÃO COMPA RADA VOL TADA ÀS ESCOLA S DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO DA CIDADE DE SALVADOR -BA

24

Marcus Villa Góis TEAA81 – TEATRO E COMUNIDADE

25

Maria Cecilia de Paula Silva EDC458 – DIÁLOGOS ENTRE UNIVERSIDADE E O CONHECIMENTO LOCAL E GLOBAL NA COMUNIDADE CENTENÁRIA DE COROA – ILHA DE ITAPARICA

26

Maria Constantina Caputo HACB79 – PROMOÇÃO DA SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA

27

Maria das Graças Farias Pinto MEV458 – MUSEU INTERATIVO DE ANATOMIA COMPARADA – MIAC

28

Maristela de Cassia Seudo Lopes MEVC53 – ATENDIMENTO CLÍNICO PARA EQUÍDEOS DE PROPRIETÁRIOS DE BAIXA RENDA

29

Miguel da Costa Accioly BIOB63 – MAPEAMENTO BIORREGIONAL PARTICIPATIVO EM COMUNIDADES COSTEIRAS TRADICIONAIS COMO FERRAMENTA PARA EDUCAÇÃO AMBIENTAL E EMPODERAMENTO TERRITORIAL

30

Nadirlene Pereira Gomes ENFA79 – ABORDAGEM INTERDISCIPLINAR E TRANSDISCIPLINAR DOS PROBLEMAS DE SAÚDE RELACIONADOS À VIOLÊNCIA

31

Pedro Rodolpho Jungers Abib EDCH82 – SABERES E FAZERES DA CULTURA POPULAR NA EDUCAÇÃO

32

Raquel Nery Lima Bezerra EDCJ43 – ESCREVIVENDO CIÊNCIAS NO MUSEU

33

Rejane Maria Lira da Silva BIOA82 – PROGRAMA SOCIAL DE EDUCAÇÃO, VOCAÇÃO E DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA DA BAHIA

34

Renavan Andrade Sobrinho ENGM20 – SANEAMENTO, MOBILIZAÇÃO SOCIAL E EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM COMUNIDADES RURAIS

35

Rodrigo Freitas Bittencourt MEVC26 – MELHORAMENTO GENÉTICO E BANCO DE GERMOPLASMA DE CAPRINOS E OVINOS NATIVOS DO NORDESTE BRASILEIRO

36

Rowney Archibald Scott Junior MUSD41 – MÚSICA NO CAPÃO: PRÁTICAS MUSICAIS COLETIVAS COMENTADAS, ASSOCIADAS A WORKSHOPS, PALESTRAS E APRESENTAÇÕES MUSICAIS

37

Thais Rodrigues Penaforte FARB79 – ETNOFARMACOLOGIA E TERAPÊUTICAS TRADICIONAIS NA BAIA DE TODOS OS SANTOS

Resultado preliminar ACCS 2016.2 | Nova data

Posted on Updated on

Informamos que, devido a problemas operacionais, o resultado preliminar das propostas que concorreram ao edital ACCS 2016.2, que seria divulgado hoje, 10 de outubro, sairá amanhã, dia 11.

Atenciosamente,

Coordenação de Formação e Integralização Curricular da Extensão

Pró-Reitoria de Extensão Universitária

Universidade Federal da Bahia

Revista recebe artigos sobre a identidade do Brasil até 24 de maio

Posted on

Oportunidade de publicar sua atividade! A Revista de Estudios Brasileños está com chamada aberta para submissão de artigos até 24 de maio. O objeto da revista é a publicação de estudos originais sobre os diversos aspectos que configuram a identidade do Brasil, com conteúdos nas áreas de Humanidades, Ciências Sociais e Jurídicas.

Mais informações:http://www.cebusal.es/call-for-paper-revista-de-estudios-brasilenos/?lang=pt

Cartel call for papers 2015 BR (1)

ACCS Memória Social: Audiovisual e Identidades resulta em documentário

Posted on

O projeto CineFacom – Mostra Audiovisual dos Estudantes da UFBA, apoiado pela PROEXT, retoma as atividades em 2015 com a exibição do documentário “Acupe Terra Quente”, resultado da ACCS Memória Social: Audiovisual e Identidades, entre os anos de 2011 e 2014, coordenada pelo professor José Roberto Severino. A mostra acontece na quarta-feira, 8 de abril, às 19 horas, no auditório da Faculdade de Comunicação (Facom) da Universidade Federal da Bahia (UFBA). O evento é aberto ao público e gratuito.

acupe_estreia_online

Antecede a exibição, às 17hs, a apresentação do Grupo de Samba de Roda Raízes de Acupe, seguido de um bate-papo e exibição do documentário. Esta produção reúne histórias cotidianas do Recôncavo baiano que são mostradas a partir do registro contado pelos moradores locais. PARTICIPE!

Filme

Acupe – Terra Quente | José Roberto Severino | 59 minutos

O documentário sobre o distrito de Acupe, no Recôncavo baiano, nome que significa “Terra Quente”, insere o espectador no cenário cultural e social do lugar, apresentando as suas mais variadas manifestações como o Nego Fugido, Mandus, Bombachos, Burrinhas, Caretas e grupos de Samba de Roda; destacam-se as tensões religiosas; o cotidiano das famílias que carecem de serviços de saúde, saneamento e educação, além das aspirações políticas. Esse cenário compõe o repertório de significação e de sentido da vida no distrito do Recôncavo Baiano.

Sobre o CineFacom

Criado em fevereiro de 2013, o projeto CineFacom – Mostra Audiovisual dos Estudantes da UFBA possui formato intercalado entre mostras com produções de estudantes e sessões especiais.  O projeto tornou-se referência na UFBA em divulgação audiovisual de trabalhos estudantis. Realizado durante um ano, o CineFacom promoveu 16 edições quinzenais, com um público de aproximadamente 800 pessoas.

Com novos filmes, em 2015 o Projeto retorna como um espaço de circulação e reflexão da produção audiovisual universitária e contemporânea com mostras mensais, nas quartas-feiras. Será realizado pelos membros do Centro de Comunicação Democracia e Cidadania – CCDC da Facom, com o apoio da Ação Curricular em Comunidade e Sociedade Memória Social: Audiovisual e Identidades.

O projeto vai manter as mostras especiais com diretores convidados e sessões estudantis, agora com edições mensais, sempre nas quartas-feiras. Estudantes da UFBA poderão inscrever filmes de no máximo 30min, de variados gêneros e temáticas. Contando com o apoio da PROEXT, o evento possibilita a emissão de certificados.

PROGRAMAÇÃO GERAL

08 de abril de 2015 – Mostra Especial

Estréia do Filme Acupe Terra Quente produzido pelos membros da ACCS Memória Social: Audiovisual e Identidades e coordenado pelo professor José Roberto Severino (Facom/UFBA).

13 de maio de 2015 – Mostra Estudantil

Mostra Audiovisual de Estudantes da UFBA com vídeos de qualquer Gênero com duração de até 30 minutos.

10 de junho de 2015 – Mostra Especial

Mostra de Direitos Humanos

08 de julho de 2015 – Mostra Estudantil

Mostra Audiovisual de Estudantes da UFBA com vídeos de qualquer Gênero com duração de até 30 minutos.

Peça teatral “Até Quando?” é resultado de projeto de pesquisa/extensão

Posted on Updated on

A ACCS: Promoção da Saúde e Qualidade de Vida na comunidade de São Cristóvão — Salvador/BA resultou em peça teatral disponível para ser assistida pelo youtube. Assista aqui:

O belo trabalho coordenado pela Profª Maria Caputo com alunas do Bacharelado Interdisciplinar em Saúde e estudantes da Escola Pedro Veloso Gordilho, localizada na comunidade de São Cristóvão, em Salvador, foi embasado nas reflexões sobre os problemas vividos cotidianamente pela comunidade e sociedade em geral. Durante o período de um ano, foram realizadas oficinas de reciclagem, peça teatral, pintura de camisas, grafitagem, jogo de tabuleiro, entre outras. Uma Feira de Saúde abordou o tema da prevenção de doenças, promoção da saúde e direitos dos cidadãos.

A peça teatral “Até Quando?” aborda a importância da luta do povo pela garantia dos seus direitos e do coletivo.

Confira os depoimentos das estudantes envolvidas neste projeto: 

CAPA E ENCARTE_até quando

Programe-se extensionista! Nesta sexta (20/03) acontece o MAPANDANTE da Ufba!

Posted on Updated on

Nesta sexta-feira (20/03), acontece o MAPANDANTE da UFBA – atividade de recepção dos calouros que consistirá em uma composição coletiva de cartografia das ambiências da universidade e em confraternização com apresentação de práticas artísticas urbanas. O evento é aberto ao público e gratuito. Participe!

PraçadasArtes

Promovido pela Pró-Reitoria de Extensão Universitária (PROEXT), o evento será realizado a partir das 14h, na Praça das Artes, Campus de Ondina. Compõe a programação do evento uma série de apresentações artísticas e culturais urbanas como hip-hop, rap, breaking dance, grafite, dentre outras manifestações urbanas. A programação foi construída com a participação de cerca de 50 estudantes de diferentes unidades universitárias, assim, a recepção dos calouros será feita pelos próprios estudantes. Além disso, os grupos a se apresentar são compostos por estudantes e membros de comunidades.

De acordo com Fabiana Dultra Britto, Pró-Reitora de Extensão Universitária, o MAPANDANTE busca promover aos calouros uma experiência de compor coletivamente uma cartografia dinâmica, mutante, de uma “UFBA” que ainda é puro imaginário para os novos alunos. “A cartografia será um jogo baseado nas impressões percebidas pelos calouros nos percursos andantes pelos diferentes setores da UFBA, que serão parte do cotidiano universitário deles”, explica Britto.

Confira a seguir a programação do evento:

16h

– Cartografia para resistência – em frente ao Instituto de Letras

– Calourada empoderada (oficina) – Biblioteca Central

– Roda de Capoeira Angola (oficina) – Biblioteca Central

– Mart Poesia Urbana – Biblioteca Central

– Oficina de Slackline, em frente ao Instituto de Biologia

16h30

– iNsight Urbano – em frente ao palco (RU)

16h45

– Transposição: para além do corpo feminino – palco (RU)

17h15

– Catuca-hit e Tamborileiros de Semba – em frente ao palco (RU)

17h30

– A Bahia expira Rap – palco (RU)

18h

– Consciência Periférica – em frente ao palco (RU)

18h15

– Mediação da exposição Faça você mesmo seu fundamento # – RU, Bilbioteca Central, IBIO, PAF III

– Cartel Strip Club – palco (RU)

18h45

– Calourada empoderada (desfile de turbantes) – em frente ao palco (RU)

– Eu Soul – em frente ao palco (RU)

19h

– Uri – solo coletivo – palco (RU)

Sobre o Mapandante da UFBA

A PROEXT, através de chamada pública, convidou os estudantes regularmente matriculados a partir do segundo semestre para inscrever propostas de apresentação de hip-hop, rap, breaking dance, grafite, dentre outras manifestações urbanas. As propostas foram recebidas até 5 de março e selecionadas de forma colaborativa com os estudantes. A PROEXT disponibilizará para as apresentações um palco, sonorização, iluminação e tapumes, além de apoio financeiro ao estudante. O resultado foi divulgado no dia 9 de março.